3 de junho de 2022/Uncategorized
  • Por Marketing
  • 65

O leite é um alimento rico em proteínas e vitaminas e passa por diversas etapas até chegar aos processos industriais da Centro Oeste Laticínios, onde será utilizado na produção de derivados lácteos. 

Em cada estágio, são aplicados processos de controle de qualidade para que o leite chegue ao seu destino com as características sensoriais preservadas.

A jornada começa pela nutrição animal e passa pela ordenha, armazenamento do leite, transporte e vai até manipulação do produto dentro do laticínio.

Conheça agora algumas dessas etapas que influenciam na qualidade do leite e, por consequência, nos derivados que vão para sua mesa:

  1.   Cuidados com a nutrição animal

A nutrição do animal leiteiro é essencial para a produção de leite com boa porcentagem de sólidos e de gordura.

 As fêmeas devem receber a quantidade ideal diária de água e alimentação natural, como o pasto de capim, feno e outros vegetais. Esses alimentos são ricos em nutrientes para os animais e possuem um número menor de substâncias inflamatórias para os humanos.

 

  1.   Manejo de ordenha focado no bem-estar animal e higiene

O manejo de ordenha é um dos fatores mais importantes para a obtenção do leite de qualidade. Oferecer ao animal conforto e bem-estar durante a ordenha evita estresse e dores, proporcionando ainda uma quantia maior de leite.

 Além disso, a limpeza e a higienização para a ordenha são essenciais para o controle de bactérias. O processo requer pessoas treinadas e pacientes para fazer a desinfecção dos animais.

 

  1.   Conservação do leite

É de extrema importância que o leite, após a ordenha e a coleta, seja resfriado. Dessa forma, a qualidade microbiológica do produto será garantida e também será prevenida a proliferação de bactérias e outros organismos nocivos. Medidas técnicas de refrigeração e limpeza devem ser adotadas para o correto armazenamento e transporte do leite.

Todos esses cuidados são essenciais para se alcançar uma matéria-prima de excelência. Junto a eles, a Centro Oeste Laticínios implementa uma política própria de qualidade e segurança de alimentos.

A compreensão, a implantação e a manutenção dessa política de qualidade são garantidas em todos os níveis da empresa e repassadas aos funcionários por meio de treinamentos.

Em cada fase de produção, a Centro Oeste preza por uma cultura de segurança alimentar, garantindo assim a melhor matéria-prima para os produtos que vêm do coração.